e+Heatindex

  

O conforto térmico humano, depende essencialmente de 4 fatores:
  a) Temperatura do ar
  b) Humidade do ar
  c) Velocidade do ar
  d) Calor radiante

A relação entre estas grandezas permite definir de forma mais precisa a sensação de “calor” num determinado local, já que esta depende também da humidade do ar (entre outros fatores, em geral de menor relevância). A forte dependência da humidade prende-se com o fenómeno humano da transpiração, que é uma importante ferramenta de regulação natural da temperatura corporal. Como deste processo resulta a evaporação de água junto à pele, existe absorção de calor nesta zona, resultando no arrefecimento da pele.

Ora precisamente a evaporação depende da humidade relativa do ar circundante, reduzindo-se fortemente com o aumento desta, o que se traduz numa sensação de maior desconforto térmico em ambientes que possuem, simultaneamente, elevadas temperatura e humidade.

Em climas quentes e húmidos, e importante ter em atenção o TWL (Thermal Work Limit / Limite Térmico Laboral). Este limite e utilizado para proteger trabalhadores ou atletas, em climas quentes e húmidos, como os que existem em locais como o Medio Oriente.

A combinação de temperaturas e humidades elevadas, são particularmente perigosas para um trabalhador, e portanto devem ser monitorizadas em continuo, permitindo parar o trabalho, se o valor de “Heat Index” atingir determinados limites.


A EWEN desenvolveu o seu Heat Index Monitoring System, que utiliza sensores no terreno, e uma plataforma na Web (disponível em qualquer dispositivo) disponibilizando o valor de Heat Index, em tempo real, podendo emitir alarmes. Este sistema permite assim, a paragem imediata dos trabalhadores em risco, garantindo assim as condições de segurança dos trabalhadores.

.

Imagem 1 - Tabela de índice de stress por calor